Nossa Metodologia



Simples, flexível, em rede.

Um fosso se abriu na cultura desde as novas mí­dias, não estamos mais em continuidade com o passado, o mundo recomeça. Sustentada em múltiplas conexões capazes de encontros cada vez mais inéditos, a sociedade do conhecimento vão ruir o tecido social, habilmente tramado durante toda a História do Ocidente.

O modelo piramidal de poder, marcado pelo privilégio de poucos e pela exclusão e exploração da maioria, deu lugar a uma rede de conexões capazes de sustentar novos e inéditos acordos. A internet deu voz a todos, voz e ouvidos, porque permitiu a criação de campos de forças onde todos podem adquirir algum tipo de poder. Pela inteligência quase sempre, Snowden por exemplo, mas também pela violência, os novos campos de forças foram rompendo antigos e sólidos acordos e exigindo a configuração de novos.

Em muitos momentos já experimentamos a proximidade do caos, como a greve dos PMs no Espirito Santo. Mas também a instabilidade climática, o terrorismo, a intolerância religiosa, racial, a xenofobia são os mais novos atores, muitas vezes protagonistas, do jogo social. Diante disso, somos todos iguais, independente da situação econômica ou espaço de poder de cada um.

É urgente reordenar as forças, em todos os campos, e apontar para novos modelos, mais amplos, mais táticos, que possam contemplar a todos, e de algum modo dar sentido e vazão às ondas de indignação e de força, muitas vezes justas, mas ainda sem direção. Precisamos de novos formatos.

Nos inspiramos nas três diretrizes para modelos eficientes de gestão no Século XXI, segundo André Lara Resende resumindo seminário recente em homenagem a Peter Drucker: simples, flexível, em rede.

Partimos sempre da seleção e processamento de informação qualificada para gerar conteúdo capaz de sustentar novos formatos.

Sempre considerando a sociedade em rede, temos como meta articular a multiplicidade de forças em torno de objetivos comuns, de modo a extrair o máximo de valor compartilhado entre os setores e agentes envolvidos.

Essa metodologia nasceu da experiência do Pacto do Rio – Por uma Metrópole Sustentável. Assista ao vídeo.